TOP 5 filmes para discutir sobre consciência negra ✊🏾

No dia 20 de novembro de 1695 morre Zumbi dos Palmares, uma importante figura da resistência negra no Brasil. Sendo o último líder do Quilombo dos Palmares, a morte do guerreiro foi escolhida para marcar o dia Nacional da Consciência Negra no Brasil. A data não é simplesmente uma comemoração, mas sim um dia de memória que pretende estimular reflexão sobre a necessidade de reparação histórica com a população negra, e sobre a trajetória de luta desse grupo até o tempo presente. O preconceito racial tem raízes distantes e não é um problema exclusivamente brasileiro.Foi justamente para colaborar com essas discussões que nesse mês da consciência negra selecionamos uma lista com 5 filmes que colocam diversas perspectivas sobre as questões raciais em diferentes contextos e regiões.  Prepare a pipoca para o lanche e a cabeça para pensar porque esse top 5 vai expandir a sua visão sobre o assunto!

 

Besouro

O filme conta a história do reconhecido capoeirista Manuel Henrique Pereira, um dos grandes mestres dessa disciplina criada por escravizados africanos no Brasil. Contextualizado na Bahia da década de 20, retrata a realidade dos negros do interior que seguiam sendo tratados como escravos mesmo depois da abolição, em 1888. A trama apresenta de maneira envolvente a trajetória de Besouro entrelaçada a elementos da cultura e religião afro-brasileira.

 

A Negação do BR

O documentário é uma viagem na história da telenovela no Brasil e particularmente uma análise do papel nelas atribuído aos atores negros, que sempre representam personagens mais estereotipados e negativos. Baseado em suas memórias e em fortes evidências de pesquisas, o diretor aponta as influências das telenovelas nos processos de identidade étnica dos afro-brasileiros e faz um manifesto pela incorporação positiva do negro nas imagens televisivas do país.

 

Selma

O filme se baseia na história da luta de Martin Luther King Jr. para garantir o direito de voto dos afrodescendentes – uma campanha perigosa e aterrorizante que culminou na marcha épica de Selma a Montgomery, Alabama, e que estimulou a opinião pública norte-americana e convenceu o presidente Johnson a implementar a Lei dos Direitos de Voto em 1965.

 

Free Angela

O documentário retrata a vida de Angela Davis, uma jovem professora universitária nascida no Alabama e conhecida pelo seu interesse na defesa dos direitos humanos. Ao ficar do lado de três prisioneiros negros nos anos 1970, ela entra para a lista das dez pessoas mais procuradas do FBI e se torna a mulher mais caçadas dos Estados Unidos.

 

Histórias cruzadas

Nos anos 60, no Mississippi, Skeeter é uma garota da sociedade que retorna determinada a se tornar escritora. Ela começa a entrevistar as mulheres negras da cidade, que deixaram suas vidas para trabalhar na criação dos filhos da elite branca, da qual a própria Skeeter faz parte. Aibileen Clark, a emprega da melhor amiga de Skeeter, é a primeira a conceder uma entrevista. Apesar das críticas, Skeeter mergulha na missão de dar voz e retratar a história dessas trabalhadoras negras tão hostilizadas naquela sociedade.

 

Conhecer diferentes perspectivas da cultura e história negra é essencial para compreender a relevância dessa data. Diz aí: qual desses filmes você já assistiu? 

Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Name and email are required