Não desista!

Hoje vamos conversar um pouco sobre Persistência, vamos abordar o que é e o que não é persistência, como utilizá-la da maneira correta e principalmente como se tornar cada dia mais persistente até atingirmos nossos objetivos.

 

Einstein citou uma frase há muitos anos atrás que nos ajudará a entender alguns conceitos desse post:

 

“Insanidade é fazer sempre a mesma coisa várias e várias vezes esperando obter um resultado diferente”

 

Ao fazer uma nova tentativa de algo, seja passar no vestibular ou até mesmo perder alguns quilinhos nós devemos fazer uma análise rápida do que já fizemos, do que deu certo e do que não deu. Tentar entender os motivos e alterar nossa estratégia para a próxima tentativa.

 

Fracasso não é o contrário de sucesso. Fracasso é a desistencia.

Se você já está no seu segundo ou terceiro ano de cursinho, você já se perguntou o que está fazendo diferente dos outros anos ?

 

Hoje em dia já sabemos que para todas as emoções, ações e algumas atitudes existem hormônios e neurotransmissores nos ajudando. Ao se deparar com uma situação de perigo ou alguma emoção muito forte, sentimos uma descarga de adrenalina, ao encontrarmos com nossos namorado(a), esposo(a) etc já sentimos um injeção de ocitocina, e por ai vai…

 

persistência

Estudos comprovam que as pessoas mais persistentes são as pessoas com maiores índices de dopamina.

 

E o que podemos fazer para termos mais dopamina no nosso dia a dia?

É importante começarmos essa resposta já deixando muito claro que você não precisa (provavelmente) e não deve buscar dopamina através de medicamentos, principalmente sem passar por um bom médico antes.

 

Você já tem uma fonte (quaaase) infinita de dopamina! Você produz dopamina diariamente em seu cérebro e só precisa de algumas técnicas simples para “hackear” seu cérebro e ter doses extras de dopamina durante o dia!

 

Vamos lá:

1. Exercícios Físicos

 

Através de exercícios físicos você consegue obter doses de dopamina durante o dia. Apenas por praticar você já consegue notar a diferença, porém a dica master é você definir micro objetivos dentro do seu treino.

 

Por exemplo, em uma corrida programe-se para correr 4x 500m ao invés de 2km (mesmo correndo sem paradas), isso faz com que a cada 500m você “conquiste” um passo do que você se comprometeu a fazer e a cada conquista você leva de prêmio um pouquinho de dopamina.

 

2. Ensaio Mental

As vezes estamos nos sentindo para baixo, um pouco desanimado e sem energia para assistir uma aula ou até mesmo fazer uma prova. Uma dica simples que pode te ajudar é fechar os olhos e imaginar a conquista de seu objetivo.

 

Vá para algum lugar tranquilo, feche os olhos e foque na sua conquista, no que você irá fazer ao conquistar aquilo. Apenas 2 ou 3 minutos já são suficiente para te dar um gás extra.

 

Com essas duas técnicas você já será capaz de mudar seu nível de persistência e ficará mais fácil de você conseguir estudar por mais tempo, se dedicar mais para cada atividade e finalmente conseguir sua vaga dos sonhos!

 

percistência

Se você quer saber mais técnicas como essa, acesse Missão Vestibular 

 

ASSINATURA MISSÃO VESTIBULAR

 

No content has been found here, sorry :)

Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Name and email are required